FANDOM


Platonic
Platonic
Álbum de estúdio de Britanny

Lançamento

27 de Julho de 2014

Gravação

2013 - 2014

Gênero

EDM

Formato

CD, download digital

Gravadora

GC Entertainment

Platonic é o quarto álbum de estúdio da cantora Britanny. O álbum foi lançado para download digital e formato físico em 26 de Julho de 2014, produzido pela GC Entertainment e distribuido pela GC Music. A versão repaginada do álbum, intitulado Plato's Revenge, foi lançado no dia 27 de Setembro de 2015 com 9 músicas adicionais.

Antecedentes e lançamento Editar

Em dezembro de 2013, a cantora anunciou que estava em fase de produção de seu novo álbum ainda em turnê com o concerto "Honeycomb". Em uma conferência de imprensa, a cantora disse: "Ele será bem diferente de meus lançamentos passados, eu não posso entrar em detalhes mas talvez seja uma grande reviravolta em minha carreira em seu estado atual."

O clipe "Night In Bollywood" foi divulgado no canal oficial da GC Entertainment em 23 de Março de 2014. Foi informado em um release da gravadora que o clipe era um teaser do que aconteceria nos meses seguintes com o lançamento do novo álbum da cantora. Com o fim da "Honeycomb" em Março, pouca movimentação aconteceu relacionada ao sucessor do "The Empire" por alguns meses.

No inicio de Julho, foram divulgadas informações sobre um evento que promoveria o novo projeto da cantora. O evento aconteceu no dia 25 de Julho e contou com apresentações da cantora e seu novo material que foi lançado no dia seguinte.

Para promover o material, foi divulgado pela GC Entertainment, um teaser para a primeira faixa de promoção, "Radiophonic" no dia 27. Seis dias após o lançamento do álbum, a cantora lança o clipe de "Radiophonic".

O álbum inclui músicas produzidas por LDN, KRLH, William Orbit e pela própria cantora.

"Eu estou um pouco preocupada com o meu público que me seguiu até aqui, eu espero que eles abracem a positividade da dance music e curtam o álbum assim como eu curti fazer ele"

Promoções Editar

O álbum contou com promoções em diversos programas televisivos e premiações ao longo dos anos de 2014 e 2015. Notoriamente o Glamusic Awards, Billboard Music Awards e Video Music Awards. O álbum também ganhou uma turnê de promoção na segunda metade do ano de 2015, o concerto "Platonic".

Canções e composição Editar

O álbum começa com Platonic Union, uma intro que é uma delícia de se ouvir com esse ritmo retrô/lounge, e como toda boa intro, dá uma prévia do que vamos ver no resto do álbum: nesse caso, o impacto que um relacionamento tem na nossa própria identidade ("Porque você não me pinta, me transforma na sua arte plástica?").

Mas são apenas 30 segundos de calmaria antes de Station Frequency chegar explodindo tudo e aí, ah meu amor, a gente arrasta as cadeiras e faz o que esse álbum todo nos inspira a fazer: dança! A letra de Station é apaixonada, cativante, e vai mais profundamente nessa relação que Platonic Union começou a descrever. Adoro como a letra é bastante triste, traz sentimentos de abandono, enquanto o instrumental é expansivo, alegre, quase épico. Sei que você já anda enjoada dessa música, mas realmente, merece todo o sucesso que foi!

Vamos então pra VHS, uma parceria com as valkyries onde a farofa começa a ficar mais pesada -n. Ela fala sob um ponto de vista com uma moral meio "duvidosa", falando sobre amor e dinheiro, ou ainda, amor ao dinheiro. Acho que desde o começo achei a participação das 3 artistas meio excessiva, mesmo gostando muito de todas elas, mas não tiro o mérito da faixa de jeito nenhum. Time Bomb continua nessa ideia de poder econômico/social, mas agora com uma batida mais leve e mais pop, e mais focada no processo para chegar até essa riqueza. Ao mesmo tempo uma exaltação e uma crítica a esse mundo do jogo, do luxo e da ambição.

Radiophonic, talvez a música mais dark do disco, tem ESSE FUCKING BAIXO QUE ME JOGA NA PAREDE E ME CHAMA DE LAGARTIXA, VEMK (parei). É forte e agressiva, e mostra essa história da estrela do rádio que atira pra todos os lados em busca de se manter no topo (na minha interpretação). Uma das minhas super favoritas do álbum.

E depois da agressividade de Radiophonic, o álbum dá uma "relaxada" com Antidote. Mas uma relaxada em termos, porque a música vem com uma batida suave e sexy, e traz à mente imagens de prostituição e manipulação, literalmente ganhar a vida "na vida". Não foi uma das faixas que mais ressoou comigo no disco, mas super tem o seu charme, eu reconheço :P. Agora eu boto um adendo aqui pq tava ouvindo o álbum pra escrever a review e acabei pulando Fluorescent, bem que tava sentindo falta de uma dor de cotovelo nnn. Fluorescent é uma das primeiras faixas do álbum a serem lançadas, e eu vejo nela meio que o começo da história de tudo que você descreveu no disco. Talvez por isso ela tenha esse sofrimento tão cru em cada verso. Confesso que o instrumental me incomoda um pouco pela batida tão repetitiva e esse sintetizador alto o tempo todo, mas ele combina muito bem com a vibe de "desespero" que a letra pede, então não tenho como dizer que não foi uma boa pedida aaaaaa.

E então temos Ballroom, uma das queridinhas da era, e provavelmente a faixa mais "feliz" do Platonic todo. Ela parece tomar o tema de VHS ou Time Bomb como ponto de partida, mas agora é completamente outro espírito, nos transportando pro mundo da moda, e trazendo a importância do estilo, da roupa e do status nessa busca do poder.

AM Skit é uma interlude meio psicodélica, retornando ao tema da intro, mas agora como se aquela personagem do início, depois de atravessar toda essa "viagem" pelo mundo da fama, olhasse para trás e refletisse sobre o que fazer com esse sentimento que ainda perdura apesar de tudo. Succubus Side mergulha de vez na farofa, e agora pro lado do eurodance. O instrumental não me diz muito, mas a letra, tão curtinha que é, abre um mar de possibilidades: eu entendo ela como se fosse o desejo "carnal" morrendo depois de todas as outras formas de atração já terem se esvaído, uma vontade de simplesmente se recompor e seguir em frente.

E chegamos então ao fim com Berlin Wall e uma das viagens metafóricas mais doidas que eu já li nessa comunidade. Assim como a história se fez derrubando o muro de Berlim e acabando com o conflito que ele representava, nós mesmos nos construímos com as nossas derrotas, quando derrubamos os nossos próprios muros e aprendemos com a própria dor. Pra mim é um conceito muito lindo, e que mereceu muito encerrar o disco com esse instrumental tão poderoso e eletrizante.

Lista de faixas Editar

Créditos adaptados da página oficial da artista. "Platonic" contém um total de 11 canções -

Edição Standard
N Título Instrumental
1 Platonic Union (Intro) Original do album
2 Station Frequency Sophie Ellis Bextor - Bittersweet
3 VHS Monrose - Like A Lady
4 Time Bomb Sophie Ellis Bextor - Off & On
5 Radiophonic Richard Vission vs Luciana - Primitive
6 Antidote Janet Jackson - Feedback
7 Fluorescent Wynter Gordon - Still Getting Younger
8 Ballroom Wynter Gordon - Til Death
9 AM Skit Deee-Lite - Sampladelic
10 Succubus Side Sophie Ellis Bextor - Can't Fight This
11 Berlin Wall Röyksopp, Robyn - Do It Again
Reedição de 2015 (Plato's Revenge)
1 U.F.O. Deee-Lite - DMT
2 Platonic Parralox - Crying On The Dancefloor
3 Fear Kylie Minogue - Come Into My World (Fischerspooner)
4 Old Furnished Love Anjulie - You And I
5 Skyrocket Little Boots - Get Things Done
6 Inner Space Katy B - What Love Is Made Of
7 Manufactured Beauty Florrie - Left Too Late
8 Cabble Connection Anamanaguchi - Prom Queen
9 Curtain Call Deee-Lite - Love Is Everything

Recepção Editar

Análise da crítica Editar

O quarto disco da cantora Britanny, intitulado simplesmente como "Platonic", é sem dúvidas um disco recheado de surpresas que foram feitas sob medidas para agradar o seu público e atravessar novas barreiras que foram formadas. O lançamento surpresa, o novo gênero incorporado pefeitamente pela artista, além de uma série de outros fatores que colaboraram para tornar este um dos discos mais aclamados do segundo semestre e até mesmo um dos lançamentos que foram construídos minuciosamente, provam que a cantora é capaz de dar continuidade ao grande legado formado em seu trabalho anterior, que elevou seu nome a um patamar maior e certamente, mais disputado. Além de "Radiophonic", podemos escutar outras músicas que ressaltam a personalidade marcante de Britanny, que parece estar ainda mais concretizada do que antes. "Platonic" é a mais pura essência de Britanny, que foi perfeitamente captada em cada uma das faixas que formam essa obra, que se tornou além de uma evolução, um marco para sua história.

Desempenho comercial Editar

Paradas Pico Vendas
Billboard Hot 200 1 5.282.145 (48 semanas de venda)
Physical Album Sales 2 630.333 (Desde o inicio do chart em Fevereiro/15)

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória