FANDOM


"Mandragora"
3b88eb75e7ae9315a343e02df685f02e

Álbum por

Flower

Lançamento

22 de setembro de 2012

Gravadora

Boundless Studio

Faixas

13

Gênero

Alternativo, Synthpop, Ballad

Mandragora é o segundo álbum de estúdio da cantora Flower, lançado dia 22 de setembro de 2012 pela Boundless Studio. Estabelecendo-se no gênero synthpop e mesclando elementos da natureza em sintetizadores, o álbum marca a carreira da cantora ao aventurar-se em uma sonoridade experimental enquanto aborda conceitos polêmicos sobre paganismo e liberdade.

AntecedentesEditar

Antes do início de seus trabalhos com o novo disco, seu nome já era destaque nos tabloides através de uma nova, - e se não a maior - polêmica de sua carreira. Boatos de mídia sensacionalista circulavam alegando que Flower poderia ser uma mulher transexual em transição. A cantora se manifesta pela primeira vez ao desmentir boatos, dando fim a fase Andrew S. Flower ao mudar seu nome artístico para apenas Flower.

Sem esperar que a poeira baixasse, a cantora aproveita todo o buzz gerado através desta polêmica para lançar de surpresa o lead single homônimo de seu novo álbum, "Mandragora". Muito bem aceita pela crítica, o single se tornou rapidamente o maior sucesso da cantora alcançando o topo das vendas digitais no Japão, não demorando para que logo também alcançasse o topo da Billboard Hot 100, sendo seu primeiro single a alcançar tal feito. O single sucessor não alcança com êxito posições satisfatórias nos charts, mas sela uma amizade através de um featuring entre Flower e Lily Watson, chamando-se "Die Ana". Dias depois, Mandragora é lançado oficialmente de surpresa em todas as plataformas digitais.

ConteúdoEditar

Sonoridade e influências Editar

O álbum é marcado pela sua sonoridade experimental, flertando elementos da música pop através de sons da natureza sintetizados que entrelaçam-se em vocais sucintos onde por algumas vezes aplicado efeitos como reverb e delay em faixas como "Salem Witches", "Guilt Lady" e "Andromeda". Apresentando um período com arranjos sintetizados, e outro com elementos orgânicos em maior evidência, ele também carrega uma vertente comercial em faixas como "Mandragora" e "Die Ana" opostas porém complementares ao mesmo objetivo alternativo que é o disco em si.

Mandragora do latim significa "flor peçonhenta" ou apenas mandrágora em português, trata-se de uma flor com propriedades alucinógenas e afrodisíacas. Segundo mito pagão, a planta nascia do sangue derramado sobre o chão através da guilhotina ou do sêmen de um homem enforcado. Para ser colhida precisaria ser ar
Mandrake sec.XV
rancada em noite de lua cheia com um barbante amarrado próximo a raiz com a outra ponta enlaçada em um cão negro. O animal seria solto e sacrificado, arrancando a planta sem riscos para quem iria manuseá-la. Caso contrário, ao ser arrancada ela emitiria gritos ensurdecedores que poderiam enlouquecer o indivíduo. "Mandragora" é um álbum com temática medieval, que aborda temas da cultura pagã, liberdade, sexualidade e principalmente a Santa Inquisição, qual foi um período onde mulheres que usavam benefícios de plantas medievais foram caçadas e ateadas a fogueira.

DivulgaçãoEditar

A cantora havia revelado alguns dias após o lançamento oficial do álbum que se tratava de um projeto audiovisual. Porém, até hoje apenas os vídeos de seus singles oficiais foram divulgados e os mesmos não se encontram mais no canal vevo da cantora assim como os videoclipes da era antecessora por questões legais sobre processos de seu antigo empresário que gerenciava sua carreira ainda quando Andrew S. Flower. A participação da cantora em programas de televisão durante a era Mandragora foi quase nula, influenciando significativamente na divulgação de seus materiais. Porém o último single da era, "Salem Witches", tem seu videoclipe viral fomentando resultados ao fazer com que a cantora alcançasse pela segunda vez o topo da Billboard Hot 100. Mandragora contou com uma breve divulgação durante o fim da digressão Atellier Of Souls Tour com os singles do disco adicionados a setlist.

ConquistasEditar

  • Best Album pelo PopCrush Awards.
  • Mandragora vence a categoria Hit Of The Year, pelo PopCrush Awards.
  • Mandrágora e Salem Witches alcançam #1 na Billboard Hot 100.

Peaks na Billboard Hot 100Editar

#1 Mandragora
#2 Die Ana (Feat. Lily Watson)
#4 Hermaphrodite
#2 Metamorphose
#1 Salem Witches

TracklistEditar

Todas as faixas escritas por Flower, exceto: Homeland (composta por Flower e Scarlet Diamond).

Título Instrumental
1. Mandragora Florence + The Machine - Spectrum (Remix)
2. Salem Witches Cristal Castles - Sad Eyes
3. Homeland iamamiwhoami - blue blue
4. Guilt Lady iamamiwhoami - 46 702 888 037
5. Die Ana (Feat. Lily Watson) iamamiwhoami - goods
6. Metamorphose iamamiwhoami - y
7. Bloody King Lady Gaga - Paparazzi (VMA Studio Version)
8. Dancing Heaven Marina And The Diamonds - Starring Role
9. Narciso iamamiwhoami - shadowshow
10. Hermaphrodite iamamiwhoami - n
11. Sunflower Florence + Machine - No Light, No Light
12. Stairway Calvin Harris - Sweet Nothing

(Feat. Florence + The Machine)

13. Andromeda iamamiwhoami - b
Precedido por
Plastic Soul
Álbuns de Flower
Sucedido por
Bunny Killer

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória