FANDOM


Back Miller
Rebecccaa
Back no "V Festival", 2013

Nome Completo

Rebecca Mardsden Miller

Nascimento

20 de julho de 1987

Local de Nascimento

Londres, Reino Unido

Ocupação(ões)

Cantora, dançarina, produtora, atriz.

Gênero(s)

Pop-dance; r&b; hip-hop alternativo

Instrumento (s)

Vocal, bateria, violão, guitarra, percussão

Extensão Vocal

Mezzosoprano

Período em atividade

2010 - presente

Gravadora(s)

Levels, Interscope, SRP

Back Miller, nascida Rebecca Mardsden Miller (Londres, 20 de julho de 1987) é uma cantora, atriz e modelo britânica radicada nos Estados Unidos. Se tornou conhecida mundialmente após o sucesso de seu single de estreia "Dirty Talk" e suas polêmicas declarações. Entre 2010 e 2014 vendeu certa de 25 milhões de álbuns, conquistou 11 primeiros na Billboard Hot 100 e debutou todos os seus álbuns em #1 nos Estados Unidos. Back é apelidada a "Rainha dos gays" pelo seu ativismo com a causa desde o lançamento de "Pride (It Get's Better), música tema da Gay Pride de Sydney de 2010.

Biografia Editar

Filha de Richard Miller, inglês e Maggie Miller, americana. Após a morte do pai, Back mudou-se para Nova York aos cinco anos de idade onde morou com a avó materna que a conquistou rapidamente bancando suas aulas de canto e dança. Sua carreira nas passarelas começou com quartorze anos de idade quando foi descoberta por olheiros de uma agência enquanto comia um Big Mac com as amigas. Miller trabalhava escondida da avó que não apoiava a fama como uma profissão.

Back se formou na Professional Children's School em Manhattan, em 2004 e naturalizou-se cidadã estadunidense em 2006. Nessa mesma época Back recebeu sua carta de aceite da Julliard e totalmente contra a rigidez da avó em aceitar a sua aptidão para a música. Back fugiu de Manhattan para o pequeno apartamento no Brooklin o qual dividia com uma amiga. Para bancar parte de sua formação em dança, Miller trabalhava em um "show bar" a noite e se dividia entre servir os clientes e se divertir com as danças sensuais nos balcões.

Em uma das noites trabalhando no show bar, Back ficou cara a cara com Jimmy Lovine, o chefão da Interscope, que procurava novos entretenimentos e viu potencial em uma garota com cara de anjo, cantando sobre não ser exatamente um exemplo de boa conduta. Back foi apresentava a Sharon Vaughin que a colocou por trás de uma mesa de mixagem e a possibilitou levar o dance das casas noturnas as rádios. Com um contrato nas mãos, Miller se lançava no mercado.

Carreira Editar

2010: OMG! & OMG! 2.0 Editar

Com um contrato nas mãos Back se reuniu com produtores como Sharon Vaughin e David Guetta, a ideia? Levar o dance casas noturnas para as rádios. "Dirty Talk", foi o primeiro single do álbum, e estourou rapidamente nas rádios dos Estados Unidos, chegando ao #1 na Billboard Hot 100 em pouco tempo. O sucesso do single, rendeu a Back a expectativa da grande promessa do ano. O segundo single, "No Forcing Love", invadiu as rádios rapidamente e conquistou de vez o público como uma baladinha fofa que trazia uma nova perspectiva da cantora. Na mesma época, Back iniciou uma turnê de verão nos Estados Unidos ao lado das também cantoras Sneaker Walk e Blackstword intitulada "The Chicks In Summer Tour", "Karma" parceria entre as garotas foi lançada como single promocional para promover a turnê, rendeu inclusive a gravação de um videoclipe e foi confirmada no álbum que seria lançado semanas seguintes. O álbum intitulado "OMG!", trazia elementos de dance e europop nas aventuras e desventuras de uma garota querendo se tornar uma mulher. Aclamado pela crítica, o álbum rendeu dois "Grammy Awards" para a moça, "Melhor álbum pop" e "Melhor gravação dance", pela música "Dirty Talk". A faixa título "OMG! (Oh My Gosh), foi anunciada como o quarto single e foi o segundo #1 de Back na Billboard. Back também anunciou sua primeira turnê, "OMG! Tour" e o relançamento, OMG! 2.0. A nova fase do álbum trouxe um maior foco no dance, com elementos de trance e house, como pode ser definida o estilo do carro chefe, "Pride (It Get's Better), composta para a Parada Gay de Sydney e que se tornou muito popular na época, ocupando o TOP 5 da Billboard. "Got I Bad", foi lançada como single promocional, e encerrou a era.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória